Home / Gravidez / Sexagem fetal: uma maneira nova e segura de saber o sexo do seu bebê

Sexagem fetal: uma maneira nova e segura de saber o sexo do seu bebê

 004-doutor(2)3
A sexagem fetal é uma nova técnica de biologia molecular usada para determinar o sexo do seu bebê. O teste é realizado com uma amostra de sangue da mãe. Durante a gestação ocorre a passagem de uma pequena quantidade de células fetais para o sangue da mãe.

De acordo com o médico hematologista Fábio Nastari, o teste da sexagem fetal se baseia na identificação de partes do cromossomo Y na circulação materna, por meio da técnica de reação em cadeia da polimera se (PCR). “Como apenas indivíduos do sexo masculino possuem o cromossomo Y dentro de suas células, sua presença indica um menino, e sua ausência indica uma menina”, explica o médico.

No caso de gestação múltipla, se os gêmeos forem univitelinos (gêmeos idênticos, mesmo sexo, dividindo a mesma placenta), o resultado é válido para ambos. Para gêmeos fraternos (gêmeos diferentes, o sexo pode ou não ser diferente, tendo cada uma sua bolsa e placenta, são cerca de três vezes mais comuns que os gêmeos idênticos e ocorrem com mais freqüência quando já existem antecedentes na família) , se o resultado indicar sexo masculino, ao menos um dos gêmeos é menino, ou se o resultado indicar sexo feminino, ambas as gêmeas são meninas.

Se, por exemplo, a mulher não estiver grávida e realizar o teste, o resultado apontará para uma menina, pois identificará ausência de DNA masculino.

Para Nastari, mesmo com a amplificação possível na técnica de PCR, as dificuldades na análise de células fetais estão relacionadas com a pequena quantidade dessas células no sangue materno e sua difícil identificação. Por isso, as gestações com menos de 12 semanas podem ocasionar resultados inconclusivos, fazendo-se necessária uma segunda coleta, no prazo adequado, para obter seu um resultado definitivo. “Ainda assim o resultado deste exame não garante 100% de acerto”, lembra o médico.

Para realizar o teste, a mulher não precisa de nenhuma preparação especial e todas as grávidas podem se submeter a ele.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top