Home / Diário Materna / Realidade Virtual vira aliada no tratamento de crianças com câncer

Realidade Virtual vira aliada no tratamento de crianças com câncer

ww
Projeto voluntariado, inédito no Brasil, utiliza a tecnologia como uma ferramenta terapêutica para alegrar a vida de pacientes que estão em tratamento.

O projeto Alegria Virtual levará a magia da Realidade Virtual (VR) para crianças que estão em tratamento contra o câncer na TUCCA – Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer. A ativação virtual acontecerá nesta quarta-feira, dia 11.07, às 10 horas, na R. Santa Marcelina, 185 – Vila Carmosina, em São Paulo.A Realidade Virtual pode melhorar o tratamento de pacientes que estão internados em clínicas e hospitais. É o que acreditam os voluntários do projeto Alegria Virtual, iniciativa desenvolvida pela Casa Mais 360, agência de comunicação especializada na produção de vídeos em 360 graus e em Realidade Virtual. 

A abordagem ainda é nova e experimental, conta o idealizador do projeto, Fábio Costa. “O fato de estar confinado no ambiente hospitalar pode parecer muito chato e desanimador para os pacientes. A Realidade Virtual pode transformar o dia a dia dessas pessoas e levá-las para o mundo dos sonhos e, consequentemente, da esperança, restaurando em cada um dos participantes o prazer por viver e a energia para continuar o tratamento”, conta.

 

No hospital infantil, as crianças utilizarão headsets (espécie de óculos) de Realidade Virtual, devidamente higienizados. Ao colocá-los, eles poderão desfrutar de vídeos realistas e sentir a sensação de andar de montanha russa, nadar em oceano aberto repleto de peixes, esquiar sobre a neve ou ainda conhecer novos mundos proporcionados pela tecnologia.

 

A clínica de tratamento, que fica em São Paulo, será a primeira a receber o projeto e usar o VR para aliviar a dor e o sofrimento das pessoas que estão nesta situação. Além do tratamento de crianças e adolescentes carentes com câncer, a TUCCA trabalha em diferentes abordagens de temas ligados ao paciente e ao câncer, da pesquisa por novos medicamentos ao retorno do jovem ao ambiente escolar e social.

 

Nos Estados Unidos, a prática já tem sido bastante utilizada pelas instituições de saúde. Alguns estudos-piloto utilizam o VR como ferramenta psicológica que pode acalmar os sistemas nervosos e limitar o sentimento de dor.

 

Inspirado nos Doutores da Alegria, a iniciativa buscar oferecer uma melhor qualidade de vida para os pacientes que necessitam passar por longos períodos de internação. Voluntários e instituições de saúde interessadas em participar do projeto devem enviar um e-mail para se cadastrar e solicitar uma visita: contato@alegriavirtual.com.br

 

Sobre o TUCCA:

A TUCCA — Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer foi fundada em 1998 por médicos, pais de pacientes e representantes da sociedade civil, com a proposta de elevar as taxas de cura e melhorar a qualidade de vida de jovens carentes com câncer, que não tinham condições de pagar por um tratamento adequado.

 

Sobre o Alegria Virtual:

Alegria Virtual é um projeto voluntariado, sem fins lucrativos, que utiliza os benefícios da Realidade Virtual para mudar a vida das pessoas que estão realizando tratamento em instituições de saúde. O projeto é iniciativa da Casa Mais 360, agência pioneira, no Brasil, na produção de vídeos 360 e Realidade Virtual. Site: http://alegriavirtual.com.br/

 

 

CASA MAIS 360
João Paulo França
imprensa@grupocasamais.com.br

Tel: (11) 9.7408-9569 | 3467-1985

 

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top