Home / Mulher Materna / Prepare o Ninho

Prepare o Ninho

ninho

 

Abra espaços, promova limpezas, atraia energia positiva para o seu lar doce lar, antes de chegar ao quarto do bebê. “É importante ressaltar que, antes de começar a arrumar o ninho é preciso promover a renovação da casa e do próprio espírito”, afirma Marcos Budette, especialista em Feng Shui.

Vale lembrar que não adianta nada seguir todos os preceitos da técnica no quartinho da criança e ter os armários do resto da casa abarrotados de papéis, roupas que não usa mais, objetos quebrados e paredes cheirando a mofo.

 

Segundo o consultor, o Feng Shui é uma antiga arte chinesa que busca trazer equilíbrio aos ambientes, mas para um melhor desempenho deve ser praticado na casa toda e não apenas em determinado cômodo. “A transformação deve começar dentro de si mesmo, com bons pensamentos e ações, passar por todos os cantos da casa, jogando fora o que está quebrado, doando o que não usa mais, até chegar ao quarto do bebê”, diz.

 

Para Budette, a principal diretriz para deixar o ambiente harmônico é que ele deve estimular os cinco sentidos. Em relação ao quarto do bebê, por exemplo, a visão é despertada através das cores, que devem ser neutras e suaves, e de móbiles, que se movimentam e são coloridos. Já o tato é estimulado por tecidos agradáveis e macios.

 

Evite roupas desconfortáveis, de tecidos sintéticos e muitos detalhes. Uma música tranqüila e em volume baixo ou um sino dos ventos aguça a audição. O olfato pode ser despertado através de aromas de ervas calmantes, como a camomila, e o paladar, quando você amamenta no quarto.

 

“Mais do que tudo, é preciso respeitar o ambiente da criança e torná-lo o mais tranqüilo e acolhedor possível”, aconselha Budette. “Entre sempre devagar, não bata portas, evite falar alto e muita agitação, principalmente nos momentos que antecedem o sono.”

 

Algumas dicas do consultor:

 

O Quarto

 

• A posição do quarto é muito importante. Evite que ele se localize no final de corredores, pois a energia chega muito forte a esses pontos. Se não tiver outro jeito, pendure um espelho na porta para quebrar a aceleração da energia.

 

•Procure escolher um cômodo que receba a luz do sol, pelo menos em algum momento do dia. Mantenha as janelas abertas e deixe a luz natural entrar. Mas evite que o sol bata diretamente no berço, para que não fique energizado demais.

 

 • Mantenha a ordem e a noção de equilíbrio. Bagunça e excesso de móveis e objetos comprometem a circulação ideal da energia.

 

• Móbiles são bem-vindos, pois despertam a percepção do bebê e são ótimos em momentos de estimulação e brincadeira. Mas o ideal é retirá-los de cima do berço quando a criança for dormir. “Quando o assunto é harmonizar, menos é mais”, ensina.

 

• Televisão e outros aparelhos eletrônicos devem ser evitados por causa da interferência eletromagnética.

 

• Não encha o berço com bichinhos de pelúcia, almofadas e enfeites. Eles estagnam a energia

 

Posição do berço:

 

• O berço deve ficar em uma situação de domínio. A posição deve permitir que a criança enxergue quem está entrando no quarto. Se isso não for possível, há duas curas: coloque um espelho que reflita a imagem de quem entra para o bebê ou instale um sino dos ventos na porta de forma que sempre que alguém entrar ele faça barulho e alerte o bebê para a chegada de uma pessoa.
• Evite que o berço fique de frente para a porta do quarto. Isso porque a energia que circula normalmente por todos os cômodos entra acelerada pela porta podendo causar desconforto ao bebê, deixando-o irritado, agitado e com dificuldades para dormir.
• Nunca encoste o berço na parede vizinha ao banheiro, principalmente se tiver instalações hidráulicas. Isso consome a energia do bebê e ele não consegue relaxar durante a noite.
• Prateleiras e vigas expostas sobre o berço também não são uma boa escolha. A pressão que elas exercem acabam provocando dores de cabeça e sensação de opressão. Se for impossível encontrar outro lugar para o berço, pendure cristais ou prismas de água na viga para neutralizar a energia.
• Abaixe o tom de voz: a suavidade na maneira de falar é o primeiro sinal de respeito que os pais podem demonstrar pelo espaço da criança. Por isso, modere no barulho e deixe as picuinhas e outros qüiproquós do lado de fora do quarto.

 

Aromas:

 

Lavanda: acalma, ajuda a dormir e a ter bons sonhos. É um emergencial para toda hora.
Tangerina: é ideal para resfriados e revigorante – por isso mesmo, não é aconselhável usar esse aroma à noite.
Eucalipto: ajuda a respirar melhor e elimina energias negativas. É indicado para ser usado na limpeza do quarto.
Atenção: os óleos essenciais devem ser diluídos em água justamente por serem bastante concentrados.

 

Sons

CDs: dê preferência aos relaxantes, com sons da natureza, como passarinhos, noite com grilos, chuva, baleias e por aí vai.
Músicas: podem ser clássicas ou simplesmente instrumentais, como as de caixinhas musicais.
Móbiles: opte por aqueles com sons de natureza ou bem suaves.
Relógios: somente os sem tique-taque.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top