Home / Sempre Paterna / Guardar dinheiro exige disciplina, mas não é um bicho de sete cabeças

Guardar dinheiro exige disciplina, mas não é um bicho de sete cabeças

download

Veja algumas dicas da especialista:

 

1. Frequência é mais importante que a quantidade. Guarde sempre, mesmo que em pequenas quantias.

2. Baixe um App que a ensine e motive a fazer isso. No Brasil, a Diin disponível gratuitamente na Play Store ou Apple Store, é uma plataforma, que permite guardar a partir de um (1) real, com rendimento melhor que a poupança. O cadastro é simples.

3. Pense em economizar pequenas quantias, mas nada de sacrifícios exagerados. A Diin faz um cálculo de quanto é preciso guardar semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente com base no valor que  ganha e gasta mensalmente.

4. Defina objetivos como viagens, intercâmbio, faculdade, cursos, casamento e festas. Pequenos gestos frequentes a ajudarão a atingir seu sonho.

5. Motive-se vendo seu dinheiro render. De tempos em tempos, veja seu saldo. É possível juntar aos pouquinhos, sem precisar abrir mão do que mais gosta de fazer.

 

Mais informações: https://www.diin.com.br/ 

 

Sobre a Diin

 

Fundada em outubro de 2018 pelos sócios Monica Saccarelli e Frederico Meinberg, a fintech Diin tem o conceito de microinvestimento, onde pessoas podem poupar a partir de R$ 1 em títulos públicos, sem taxa de administração e com liquidez diária.

Com o objetivo de atingir principalmente o público de 23 a 40 anos  com renda entre R$ 3 mil e R$ 8 mil e que nunca investiram, a fintech quer ajudar os brasileiros a guardar dinheiro para pagar as contas, viajar, comprar um carro, investir na educação e outros sonhos de consumo.

O aplicativo da Diin pode ser baixado gratuitamente na Play Store e Apple Store. Para ter acesso, o poupador precisa apenas informar quanto ganha e quanto gasta em média por mês. A partir daí, é impactado por conteúdo relevante sobre organização financeira.

 

A compra dos títulos é feita diretamente e distribuída para os usuários, sendo que o novo poupador envia o dinheiro por transferência bancária dos principais bancos, evitando custos com DOCs e TEDs.

 

Ao lado de Monica e Frederico, estão os co-fundadores Anderson Oliveira, CFO, Gustavo Bittencourt, CPO, responsável pelo design e user experience, e Breno Oliveira, CTO, responsável pela tecnologia da Diin.

 

Monica Saccarelli é uma empreendedora bem-sucedida no mercado financeiro e conselheira da ABFintech. Antes do Diin, foi sócia e uma das idealizadoras e líderes da Corretora Rico, empresa totalmente online e que em poucos anos conquistou mais de 150 mil clientes com estratégias de inbound marketing. Tornou-se a segunda maior corretora independente do Brasil, até ser vendida para a XP Investimentos – no maior negócio já realizado no setor.

 

Também foi responsável pela entrada da Link Investimentos no segmento de varejo – a então maior corretora institucional do Brasil estreou e operou seu bem-sucedido home broker sob liderança e estratégia de Monica.

 

Entusiasta da inovação, utiliza Design Thinking, Inbound Marketing, Costumer Focused Innovation, User Experience, entre outros conceitos, em seus projetos. Especializou-se nesses temas em diversas passagens por Stanford, Harvard, Columbia e Berkeley. Também viveu um período no Vale do Silício, dentro de uma fintech focada em robo-advisor.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top