Home / Manual do Bebê / Bronquiolite: chegada do frio aumenta casos da doença em bebês prematuros

Bronquiolite: chegada do frio aumenta casos da doença em bebês prematuros

mc3a3e-bebc3aa

Principal causa de internamentos durante o inverno, inflamação pulmonar é mais comum em bebês prematuros e crianças com até dois anos de idade


Os sintomas parecem com os de um resfriado comum: tosse, chio no peito, respiração ofegante, febre e dificuldade para alimentação. Mas as bronquiolites são mais persistentes, atingem principalmente as crianças menores e, se não tratadas corretamente, podem gerar complicações. “É a principal causa de internamento de pacientes com menos de dois anos de idade durante o inverno por ocasionar desidratação, insuficiência respiratória e pneumonias”, explica o pediatra e coordenador da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Santa Cruz, de Curitiba (PR), Dr. Ênio Luis Torricillas.

 

A bronquiolite é uma inflamação ocasionada pelo Vírus Sincicial Respiratório (VSR) e atinge as ramificações mais finas dos pulmões, os bronquíolos. A doença causa inchaço e acúmulo de muco nessas pequenas estruturas, o que dificulta a passagem de ar. “Cerca de 90% das crianças têm contato com o vírus até os três anos de idade, sendo que a maioria apresenta sintomas leves. Nesses casos, o tratamento é apenas sintomático, mas quadros mais graves demandam internamento e acompanhamento de um especialista, principalmente quando a bronquiolite ocorre em bebês prematuros”, explica Dr. Ênio.

 

Prevenção

Bebês nascidos com menos de 28 semanas e crianças com até dois anos de idade que tenham doença pulmonar crônica ou cardiopatias precisam ser medicadas de maneira preventiva. “O anticorpo monoclonal, remédio conhecido como Palivizumabe, deve ser aplicado nesses grupos de risco durante o inverno, quando o vírus causador da bronquiolite está em maior circulação”, destaca o médico pediatra.

 

São até cinco doses com intervalos de 30 dias que têm como principal objetivo reforçar a imunidade das crianças mais suscetíveis ao VSR. Na UTI Neonatal do Hospital Santa Cruz, todos os bebês prematuros recebem o medicamento e são acompanhados de perto pela equipe multidisciplinar para prevenir e, quando necessário, tratar a doença com eficácia e rapidez.

 

Sobre o Hospital Santa Cruz

 

Fundado em 1966, o Hospital Santa Cruz está localizado no bairro Batel, em Curitiba (PR). É considerado um centro de excelência em alta complexidade no atendimento das áreas de Oncologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Neurologia, Ortopedia, Pronto Atendimento, Checkup e Maternidade, que é referência em Curitiba. Oferece estrutura privilegiada, equipe multidisciplinar, equipamentos de última geração e um moderno centro cirúrgico. É referência no serviço de hotelaria e em atendimento humanizado, com qualidade assistencial e foco na segurança do paciente. É reconhecido com o selo de Acreditação com Excelência, o mais alto nível de certificação nacional, entregue pela ONA, sendo a instituição acreditada nesta categoria por mais tempo no Paraná.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top