Home / Gravidez / Autoestima na gestação

Autoestima na gestação

Happy and young pregnant woman in park in summer

Autoestima e apoio social são fundamentais na formação do vínculo materno com o bebê, mostra estudo conduzido pela Natura
Já o vínculo do pai com o bebê é favorecido por relação com a parceira e satisfação com a vida; estudo em parceria com o Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein contou com mais de 500 gestantes e 200 pais de primeira viagem

A primeira gestação é um período marcado por diversas emoções. Ao mesmo tempo em que as futuras mães se sentem felizes com a chegada do bebê, muitas também passam por momentos de ansiedade e estresse nesse período de tantas transformações. A construção gradativa do vínculo com o bebê depende de como esses fatores e emoções se combinam, sendo influenciada pela autoestima, resiliência, apoio do parceiro ou parceira e da rede de apoio, segundo pesquisa com mais de 500 gestantes.

O estudo conduzido pela área de Ciências de Bem-Estar da Natura, em parceria com Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, contou com a participação de 523 mulheres na primeira gestação, além de 211 parceiros. Mães e pais foram divididos conforme o estágio gestacional, variando entre diferentes trimestres da gestação e pós-parto, e foram convidados a responder a diversos questionários científicos sobre suas emoções, bem-estar e vínculo.

Entre as principais conclusões, os pesquisadores destacam que a autoestima da gestante, tanto durante a gestação quanto no período pós-parto, contribuiu para aumentar seu vínculo com o bebê. Ou seja, quanto mais as mulheres se acham bonitas, se sentem bem consigo mesmas e felizes durante esse período, maior é o vínculo materno.

A autoestima também tem outros efeitos positivos, como melhora da qualidade do sono, redução dos níveis de estresse, sintomas depressivos e de ansiedade na mãe. “Ver a força da autoestima da mãe na formação do vínculo com o seu bebê é um dado novo e nos mostra a importância com o cuidado da mulher e o apoio que ela precisa para promovermos um impacto positivo em nossas famílias”, afirma Patrícia Tobo, gerente científica da área de Ciências do Bem-Estar da Natura.

O estudo também mostra a validade do ditado popular que afirma ser necessário “uma vila para criar uma criança”. Segundo os participantes, o apoio de outros integrantes da família e de amigos próximos tem papel fundamental para aumentar a autoestima, a resiliência e a felicidade de pais e mães de primeira viagem, elementos chave para aumento do vínculo com o bebê.

Além disso, o estudo também identificou que os períodos mais desafiadores são o segundo trimestre e pós-parto, que exigem mais atenção por parte da rede de apoio. “A ansiedade das mulheres tende a subir ao longo da gestação alcançando os níveis mais altos no pós-parto”, afirma Eduardo Zlotnik, médico ginecologista e obstetra e vice-presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein.

Para a Natura, estudos como esse são essenciais para evidenciar a necessidade de cuidado com a gestante desde o início, contribuindo para a formação do vínculo com o bebê logo no primeiro trimestre da gestação. A linha Mamãe e Bebê apoia a ciência do vínculo justamente por acreditar que o amor ajuda a fortalecer as relações e contribui para a construção de um mundo mais bonito.

“Uma nova vida precisa de amor. Transmitir o amor, o mais importante presente que podemos dar ao bebê, permite que o vínculo floresça e se fortaleça. E a responsabilidade não é apenas da mãe e do pai, mas sim de todos nós. Amar também é dar apoio e se responsabilizar pelo mundo que queremos amanhã, com indivíduos mais autônomos e saudáveis, que cuidam melhor de si mesmos, dos outros e do mundo” afirma Claudia Pinheiro, diretora da área de Cuidados Pessoais da Natura.

Sobre a Natura

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Líder no setor de venda direta no Brasil, com mais de 1,7 milhão de consultoras, faz parte de Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Natura, The Body Shop e Aesop, com faturamento de R$ 13,4 bilhões em 2018. Foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação B Corp no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. É também a primeira empresa brasileira a conquistar o selo “The Leaping Bunny”, concedido pela organização de proteção animal Cruelty Free International, em 2018, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de testes em animais de seus produtos ou ingredientes. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México e Peru, os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as Consultoras, pelo Rede Natura, por meio do app, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”. Para mais informações, visite www.natura.com.br ou acesse os perfis da empresa nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram.

Sobre a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein

A Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein é uma sociedade civil sem fins lucrativos. Tem mais de 60 anos de história e atua nas áreas de assistência à saúde, educação e ensino, pesquisa e inovação e responsabilidade social. Conta com 12,9 mil colaboradores, 9,4 mil médicos e está sediada em São Paulo. O Einstein possui o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (CEBAS) e é qualificada como Organização Social da Saúde para atuar na prestação de serviços no Sistema Único de Saúde (SUS). Seu compromisso com o desenvolvimento amplo do sistema de saúde se traduz na oportunidade de melhoria e na construção de novos modelos de trabalho ajustados aos desafios atuais. O Einstein integra fóruns nacionais e internacionais de discussão e participa ativamente de iniciativas conjuntas com o poder público, órgãos reguladores, hospitais, operadoras de planos de saúde e entidades setoriais para o desenvolvimento do sistema de saúde

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top