Home / Manual do Bebê / Ausência de estímulos em bebês pode impactar no desenvolvimento

Ausência de estímulos em bebês pode impactar no desenvolvimento

imagem_release_1673647

A Meu Baby Gym oferece exercícios de psicomotricidade com o objetivo de desenvolver capacidades cognitivas, motoras e sociais das crianças

É certo que os bebês precisam de cuidado, amor e atenção para que tenham um desenvolvimento perfeito, mas você sabia que eles também precisam de estímulos motores? A falta desse incentivo pode causar consequências nos aspectos psicológico, emocional e social e também no desenvolvimento motor.

Para trabalhar esses estímulos e auxiliar os pais com os exercícios corretos para cada fase do desenvolvimento do bebê, academias como a rede Meu Baby Gym tem surgido para oferecer às famílias atividades de psicomotricidade que estimulam o aprendizado e a autonomia das crianças.

Segundo o médico e sócio da Meu Baby Gym Santo André, Rafael Vieira Canedo, atuante na área de pediatria há 10 anos, a psicomotricidade é uma ciência com finalidade pedagógica e psicológica que utiliza os parâmetros da educação física para melhorar a relação da criança com o seu corpo. “Desde o ventre materno a criança já se movimenta, e a partir do seu nascimento o movimento torna-se constante em sua vida. Sem dúvida, a psicomotricidade é um fator essencial e indispensável ao desenvolvimento global e uniforme dos seres humanos”, afirma.

Canedo explica ainda que o cérebro de um bebê na primeira infância (que vai até os seis anos) funciona como uma esponja, absorvendo todas as informações que recebe. “Por esse motivo, é nessa etapa da vida que se desenvolvem as habilidades, principalmente nos três primeiros anos de vida, quando áreas fundamentais do cérebro são desenvolvidas. Quando a criança estabelece vínculo através do amor e afeto com aqueles a sua volta, aumenta sua capacidade de processar estímulos e aprender”, explica.

As aulas da Meu Baby Gym são destinadas para bebês e crianças, entre dois meses e quatro anos de idade, e tem exatamente o objetivo de desenvolver ao máximo as capacidades cognitivas, motoras e sociais. Além disso, elas contam com a participação efetiva dos pais, que são os principais estimuladores e exemplo para os pequenos. Somado a todos os benefícios da atividade está o fortalecimento de laços afetivos na família durante o momento de atividades juntos.

A mais nova unidade da franquia foi inaugurada em Santo André no dia 30 de março. Na região, a Meu Baby Gym é dirigida pela educadora física Marcela Dada, especialista em gestantes e bebês que atua há 13 anos com aulas de natação para o público infantil. “Acredito que a orientação esportiva e o incentivo são uma porta de entrada para uma vida que se mantenha saudável. Além disso, sei da importância do esporte para o desenvolvimento infantil e a Meu Baby Gym alia tudo que eu acredito a um trabalho que desenvolve práticas para que as crianças possam criar confiança e explorar suas habilidades”, destaca.

 

Longe das telas

A cada dia que passa parece que as crianças nascem mais próximas e conectadas aos celulares. Não é difícil ver em espaços públicos, como restaurantes e hospitais, bebês tendo como distração um tablet ou celular. Os vídeos, aplicativos e jogos são tão fascinantes que parecem causar certa hipnose nas crianças.

Porém o contato excessivo com esses aparelhos pode gerar consequências negativas ao desenvolvimento infantil. Apesar das pesquisas sobre o tema serem recentes, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) indica que crianças abaixo de 2 anos não tenham nenhum contato com as telas. Já entre os 2 e 5 anos, a indicação é limitar o uso a uma hora diária.

O Dr. Rafael Vieira Canedo reforça que o equilíbrio é necessário para um desenvolvimento saudável, visto que a tecnologia estimula competências com a visão, mas não incentiva outras como a comunicação não verbal e a socialização. “Não devemos esquecer que a tecnologia traz benefícios às crianças, desde que o uso seja feito com o acompanhamento da família, sem jamais se esquecer de proporcionar momentos sem tela e atividades que estimulem o movimento. Quanto maior o tempo de tela, maior a probabilidade de o bebê apresentar atrasos no desenvolvimento da fala – 30 minutos de exposição diária já aumenta o risco em 50%”, completa.

Marcela sabe a importância da Meu Baby Gym nesse contexto de excesso de exposição à tecnologia. “Hoje as crianças estão estimuladas em excesso e, às vezes, não são os estímulos corretos. O diferencial da Meu Baby Gym é oferecer estímulos estudados e comprovados para cada faixa etária, por meio de programas únicos que giram em torno do brincar livre”.

 

Sobre a Baby Gym Santo André

Inaugurada em março, a Baby Gym de Santo André é a quarta da rede em São Paulo. A academia é especializada em aulas de psicomotricidade para crianças de 2 meses a 4 anos, cujo objetivo é desenvolver ao máximo o potencial psicológico, físico e social das crianças por meio de estímulos e exercícios específicos para cada faixa etária.

Dirigida por Rafael Vieira Canedo, médico que atua com saúde infantil há mais de 10 anos, e por Marcela Dada, educadora física especializada em gestantes e bebês e professora de natação infantil há 13 anos, a unidade nasceu a partir da vontade de desenvolver práticas que estimulam o aprendizado e a autonomia das crianças.

A rede Meu Baby Gym foi criada em 2014 em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, pelo casal de fisioterapeutas Lucas Silva e Laura Bego. Atualmente, são mais de 15 unidades nos estados de Rio de Janeiro, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top