Home / Amamentação / Uma dica: Amamentação Vitaminada

Uma dica: Amamentação Vitaminada

17178371

A ingestão de polivitamínicos durante a amamentação garante qualidade no leite e energia redobrada para a mamãe. Apesar de o leite maduro ser formado em 87% por água, o restante constitui poderosa combinação de elementos

 

Apesar de ser formado principalmente por água, o leite materno contém elementos combinados essenciais para o fortalecimento do bebê. Para sua produção, o corpo da mulher gasta energia e nutrientes. Eis a importância de manter o organismo sempre vitaminado e, assim, assegurar a saúde da mamãe e alimentação completa para o pequeno.

Quando o organismo da mamãe tem falta de vitaminas e sais minerais, o leite materno não supre as necessidades nutricionais da criança, o que gera contato com outros alimentos antes do período adequado.

Geralmente receitada durante a gestação, a ingestão de polivitamínicos é indicada  também durante a amamentação, para que não faltem esses nutrientes. Eles sustentam a lactação e complementam as necessidades da nova mamãe com ferro e cálcio, por exemplo, para compensar o sangue perdido durante o parto e repor o cálcio utilizado na produção de leite.

De acordo com o coordenador científico de ginecologia e obstetrícia do Hospital e Maternidade São Luiz, Dr. Eduardo de Souza, os polivitamínicos são importantes também durante a amamentação: “A falta de ferro, por exemplo, pode levar à anemia durante e após a gravidez. Por isso, é recomendado balancear a alimentação e incluir a ingestão de suplementos.”

O risco de superdosagem é pequeno, uma vez que os nutrientes em excesso não permanecem no corpo. “Normalmente doses grandes de vitaminas e sais minerais são eliminadas pelo organismo, principalmente pela urina ou fezes”, esclarece o médico.

Os polivitamínicos não descartam a alimentação saudável, apenas complementam alguns nutrientes e vitaminas que não podem faltar no organismo da nova mamãe, que deve consumir cardápio variado. Devem fazer parte das refeições os alimentos ricos em: ferro (carne vermelha e magra, feijão, verduras escuras), que ajudam a compensar o sangue perdido no parto e em cálcio (leite e seus derivados, salmão, amêndoas), como reposição do que é consumido pelo bebê na amamentação. A vitamina A (gema de ovo, fígado, vegetais verdes escuros e amarelos) e o complexo B (hortaliças folhosas verdes, leguminosas, suco de laranja) não podem ser esquecidos, pois ajudam sustentar a lactação. Ainda é imprescindível comer frutas  e, claro, beber muita água.

Com todos esses cuidados, a mamãe terá saúde garantida e excelentes resultados na amamentação. O bebê agradece.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top