Curso Sempre Materna In Company
Curso Sempre Materna In Company
Home / Amamentação / Aleitamento materno: tire dúvidas

Aleitamento materno: tire dúvidas

 

Aleitamento materno: tire dúvidas

O leite materno é considerado o alimento mais completo para o bebê, além disso, fortalece o vínculo entre mãe e filho

A maioria das pessoas já ouviu falar sobre a importância do aleitamento materno. Mas, na prática, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o assunto. Para se ter uma ideia, estima-se que ele possa evitar 13% das mortes em crianças menores de 5 anos, por causas preveníveis, em todo o mundo.

“O aleitamento materno é considerado a estratégia de maior impacto na redução de mortalidade infantil. No Brasil, em 14 municípios do estado de São Paulo, o impacto foi em média de 9,3% em pesquisa realizada em 2003”, Fábia Queiroga Oliveira

Além disso, a amamentação, mais do que um meio de alimentação, é o primeiro contato físico entre mãe e filho, e também uma das principais formas de fortalecer este importante vínculo familiar e de amor nos primeiros meses de vida do bebê.

 

Conheça todos os benefícios do aleitamento materno:

1. Leite ideal

O leite humano é composto de nutrientes balanceados, ideal para o consumo e desenvolvimento do bebê desde a primeira hora após o nascimento. As calorias, quantidade de lipídeos, proteínas, e lactose são adaptadas da melhor forma possível à cada fase do desenvolvimento da criança”, acrescenta.

2. Proteção contra doenças

O leite humano possui inúmeros componentes do sistema imunológico, o que o torna extremamente importante na prevenção de infecções e alergias. “IgA, Igm, IgG, macrófagos, linfócitos T são alguns destes fatores de proteção. Podemos dizer que o leite materno é a primeira vacina que a criança recebe para protegê-lo de inúmeras doenças”. Hoje já é bem conhecida a importância do aleitamento materno na prevenção de doenças crônicas, como hipertensão arterial, obesidade e diabetes”, acrescenta a médica.

 

3. Desenvolvimento da flora intestinal

“Os probióticos naturais que existem no leite humano vão ajudar no desenvolvimento perfeito da flora intestinal do recém-nascido”. Pela importância nutricional e de defesa, o leite materno é tão importante na redução da mortalidade infantil.

4. Fortalecimento do vínculo mãe-bebê

Outra grande importância do aleitamento materno é o fortalecimento do vínculo mãe-filho, que se inicia tão logo a criança nasce e é colocada pele a pele com sua mãe.

5. Benefícios para a mãe

Para a mãe, o aleitamento na primeira hora pós-parto, ajuda a contração do útero e redução do sangramento pós-parto. As mães que amamentam também têm menor risco de terem câncer de mama.

 

Você sabia que o leite materno muda de composição, coloração, consistência durante o período de amamentação?

Conheça as variações que ocorrem:

 

  • Primeira fase: “chamado de colostro, nos primeiros quatro a cinco dias, é um leite mais fluído, rico em água e proteínas e células de defesa”, explica Fábia.
  • Segunda fase: é chamado leite de transição. Apresenta maior volume por mamada se comparado ao colostro. É a fase em que o leite sofre alterações nutricionais gradativas entre as características do colostro para o leite maduro. Ocorrem, por exemplo, a diminuição dos índices de proteína e o aumento de gorduras e carboidratos.
  • Terceira fase: o leite é chamado de maduro. Essa fase, de acordo com Fábia, se inicia por volta do 10º dia. “O leite já conta com mais gordura em relação ao colostro e que, portanto, vai dar maior sensação de saciedade e aumentar a velocidade do ganho de peso”, diz a médica.

 

“Cada fase está programada para a capacidade de digestão da criança e para a necessidade do momento do bebê”.

 

“A OMS recomenda que as crianças devam ser amamentadas exclusivamente nos seios das mães até o sexto mês, quando então deve ser introduzida a alimentação complementar e mantido o aleitamento complementado até os dois anos”.

 

 

Fonte: www.dicasdemulher.com.br

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top