Curso Sempre Materna In Company
Curso Sempre Materna In Company
Home / Amamentação / Aleitamento materno e bebês prematuros

Aleitamento materno e bebês prematuros

amament

Estamos passando por momentos de isolamento, onde mães que acabam de ganhar o seu bebê, não podem abraça-los de imediato, é um momento triste para as famílias que aguardavam este momento único com abraços, beijos e visitas. Uma das fases mais importante entre a mãe e o seu bebê é o aleitamento materno, mediante as prevenções para a saúde do recém-nascido as mães acabam enfrentando uma difícil realidade, como levar tranquilidade nesta situação? A Pediatra Loretta Campos – especialista em aleitamento materno, com entrevista para a Sempre Materna, trará algumas informações para as novas mamães de como driblar esta pandemia.

 

Quais dicas podem ajuda-las a enfrentar o nascimento prematuro em tempos de Coronavirus?

Nessa época do coronavírus é preciso cuidar da nossa saúde mental e física!    É importante a mãe se permitir um tempo para si mesma para realizar atividades que ela goste. Só conseguimos cuidar do outro quando estamos bem!

 

Como manter a produção de leite materno enquanto o bebê ainda não suga? 

Para as mães de bebês prematuros que o mesmo ficar internado por longo tempo é importante a orientação materna para manter a produção do leite!

Fazer ordenhas a cada 3 horas mantendo o estimulo de sucção com a bomba elétrica ajuda muito a manter essa produção!

 

Quais os principais cuidados neste primeiro momento de vida do bebê?

Nessa época de pandemia manter a higiene rigorosa das mãos, uso de máscaras e tentar manter o isolamento o máximo possível são medidas ainda mais importantes quando se trata de bebês prematuros.

 

Quais os cuidados de higienização na hora de amamentar o bebê?

Lembrar que até o momento não foi identificado a presença do coronavírus no leite materno sendo orientado a manutenção do aleitamento com o uso de máscaras e adequada higiene das mãos caso essa mãe tenha diagnóstico de coronavírus e esteja em condições clínicas de seguir o aleitamento.

Se for necessário o uso de fórmulas, se possível, ofertar esse leite por vias que não atrapalhem o futuro da amamentação, através do treinamento do bebê para uso de copinhos, seringas ou colher dosadora. Lembrar que o leite materno é de extrema importância para ajudar na imunidade do bebê e no seu desenvolvimento, principalmente, o dos prematuros.

 

 

 

 

 

Fonte: Dra. Loretta Campos: Pediatra e Consultora de Aleitamento Materno – Consultora Internacional em Aleitamento Materno (IBCLC), Consultora do sono, Educadora Parental pela Discipline Positive Association e membro da Sociedade Goiana e Brasileira de Pediatria.

 

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top