Home / Família / A internet é positiva para crianças?

A internet é positiva para crianças?

childhood_projeto_de_lei_internet

A internet pode ter aspectos positivos nas vidas das crianças e adolescentes. O pai da Pietra Furtado, Fred Furtado, pode confirmar isso. O   empresário é diretor da tubeLab, uma das líderes no segmento de marketing de influência, e quando trata do assunto em casa, ele afirma que as redes sociais foram um grande fator estimulante para a sua filha. “Ela perdeu um pouco a timidez por causa da internet, e sabe agora se posicionar melhor com as outras crianças, em diversas situações. A Pietra, hoje se comunica mais, sabe o que ela quer e como quer.” comenta Fred. Pietra Furtado, era muito tímida em casa, falava pouco, e ao ver a mãe @tatafurtado, influenciadora, fazendo estories em uma viagem da família, e acostumada com assédio da mãe, iniciou com um perfil fechado, e passou como uma brincadeira a mostrar um pouquinho do seu dia a dia.

 

A partir dessa mudança de comportamento dela através do Instagram, eles criaram juntos nova forma de se comunicar.  Uma menina que até passou em fonoaudióloga, começa a dialogar mais com o pai, Fred Furtado, sobre conteúdo, e assuntos em geral. “Nós participamos muito do dia a dia das nossas filhas. Eu tive a Pietra muito cedo, aos 25 anos. Quando ela nasceu, eu chegava do trabalho, e diferente de alguns pais, eu trabalhei bem menos nesse período, e eu ficava com ela todas as noites. Fazia tudo mesmo, trocava fralda, colocava para dormir. Cada passo dela, eu sempre estive presente, criamos uma relação verdadeira de cumplicidade. E agora nessa fase da vida dela, um pouco mais velha, a internet fortaleceu a nossa amizade”. Comenta Fred Furtado. A intenção da menina de 10 anos, não é ser uma influencer famosa, é apenas se divertir, e se comunicar, assim como muitas crianças da idade dela. Portanto está longe da menina, se aprofundar nas redes com conteúdo excessivos em busca de seguidores.

 

Existem muitas dúvidas dos pais em como introduzir os filhos a internet.  O cuidado deve existir dentro da família, a decisão dos pais ao iniciarem os filhos em redes sociais, deve ser estabelecida através de diálogo e alguns combinados. Os pais podem criar junto com os filhos, algumas regrinhas, como na casa do Fred, a exemplo: o perfil deve ser fechado por segurança, assim cada pedido de seguidor, deve ser avaliado antes da aceitação. Os comentários serem acompanhados, posts e estories com orientação sobre os conteúdos a serem abordados.

 

Falar disso para ele, é bem emocionante. Porque de fato, foi difícil separar Pai de Empresário. O seu dia a dia, na agência tubeLab, é trabalhar com campanhas que envolvem influenciadores, e estratégia digital, em casa a estratégia é diferente – É a de educar e orientar a filha. “Para mim toda esta transformação dela foi natural, e ao mesmo emocionante para mim. Uma descoberta com tanta naturalidade, onde ela encontrou um novo papel, trazendo segurança e desenvolvimento pessoal”, finaliza Fred Furtado

 

Sobre a tubeLab

Como uma agência de SOCIAL B.I., a tubeLab, com expertise em marketing de influência, consegue construir, gerir e
entregar uma campanha com influenciados digitais de forma completa, trazendo total tranquilidade aos seus clientes, cuidando de todas as etapas da
campanha, desde a escolha dos nomes construção de roteiros e entrega do checking.

Com escritórios próprios em 3 Estados: SÃO PAULO, DF e CEARÁ. A empresa, investiu em plataformas de gestão e métricas para entregar aos clientes informações cada vez mais precisas, como Geofusion, Social Brade, Nielsen, Google Trends, HypeAuditor, Stilingue além das informações oficiais das redes, Facebook, Instagram e youtube.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top