Home / Gravidez / 5 Problemas que incomodam as gestantes

5 Problemas que incomodam as gestantes

shutterstock_108879881

Durante os nove meses as futuras mamães sofrem com diversos desconfortos. A maioria se queixa de inchaço, dores nas pernas, na coluna, enjoos, manchas na pele, entre outros problemas. No entanto, apesar desses sintomas serem considerados comuns é importante ficar atentos a outros incômodos que surgem na circulação.
De acordo com o Dr. Ary Elwing, especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser, os hormônios são os principais responsáveis pelas alterações no sistema circulatório. “O estrogênio contribui para a dilatação vasos que prepara o corpo para receber um volume maior de sangue para circular nas veias. Além disso, essa vasodilatação faz com que o corpo retenha mais líquido provocando o inchaço corporal”, explica.
Além disso, o crescimento do útero favorece para que a circulação ocorra com dificuldade. “Conforme o feto se desenvolve o útero cresce o que pode causar uma pressão sobre a veia e atrapalhando a circulação de retorno venoso”, diz o angiologista.
A mudança de hábitos pode evitar que o sangue que está nos membros inferiores tenha algum impedimento de retornar ao coração. “Mesmo durante a gestação as mulheres podem adotar hábitos como praticar atividade física leve , controlar o peso para evitar o surgimento de edemas e vasinhos”, ressalta o Dr.Ary.
Por conta da gravidez a gestante não deve fazer qualquer atividade física. “A caminhada pode ser indicada na gravidez e ajuda a ativar a circulação do corpo, principalmente nos membros inferiores prevenindo flebites e varizes”, afirma o angiologista.
Vilões da saúde
O angiologista Ary Elwing listou os principais vilões da circulação na gestação. Confira:
1.Inchaço nas pernas e nos pés
O edemas surgem na gravidez e podem piorar na estação mais quente do ano. “A boa notícia é que esse problema pode ser amenizado  mantendo as pernas elevadas durante a noite, sentar-se sempre com as pernas retas e apoiadas em uma cadeira, fazer caminhadas duas a três vezes por semana são indicadas.Além disso, o uso de meias elásticas de compressão também podem ser recomendadas”, sugere o médico.
2.Varizes
Como durante a gestação o organismo recebe uma quantidade maior de sangue que aos poucos pode  deixar as veias dilatadas contribuindo para o surgimento das varizes. Além disso, o aumento da progesterona favorece para a dilatação das veias podendo aparecer novas varizes. “A dica para driblar o problema é não cruzar as pernas, apoiar os pés sobre o travesseiro para melhorar a circulação. Usar roupas confortáveis também ajuda”, recomenda Dr.Ary.
3. Trombose 
É possível identificar a trombose por meio dos sintomas como vermelhidão, dores nos membros inferiores e inchaço. A trombose ocorre por causa de alterações na circulação venosa e também devido à obstrução de uma veia por coágulo impedindo a passagem do sangue. “Quem tem casos de trombose na família precisa redobrar os cuidados na gestação. Qualquer sinal de inchaço e dores nas pernas, consulte o médico”, frisa o angiologista.
4. Queda de pressão
Segundo o Dr.Ary a queda de pressão pode se provocada pela falta de potássio devido à vasodilatação periférica. “Neste caso é recomendado que a gestante beba bastante líquido quando a temperatura estiver mais quente e também evitar se expor ao sol”, comenta o médico.
5. Câimbras
As câimbras podem ser causadas por aumento das veias, falta de sódio e potássio e aumento do útero. Elas podem surgir a noite incomodando a gestante. Para se livrar das câimbras é importante beber água, repousar, não permanecer com os pés na mesma posição por muito tempo enquanto estiver sentada e dormir com os pés apoiados.

 

Fonte: Dr. Ary Elwing – MAYARA RABELO

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top