Home / Manual do Crescidinho / 5 dicas para contornar as “gostosuras” das festas e dos encontros com a turminha

5 dicas para contornar as “gostosuras” das festas e dos encontros com a turminha

ViewImage

Camila Verdeja, criadora do Gourmet Jr. conta que, com um pouco de criatividade, dá para manter o equilíbrio alimentar das crianças nessas situações

Ok, seu filhote come bem em casa, você evita oferecer doces, refrigerantes, biscoitos. Mas e quando ele vai a uma festa recheada de brigadeiros, bolos e salgadinhos? Ou se fica umas horas na casa de um amigo, longe dos seus olhos atentos? Como contornar? A empreendedora Camila Verdeja, criadora do Gourmet Jr., um projeto sobre alimentação saudável infantil e mãe do Santiago, 5 anos, tem ótimas dicas que vão ajudar os papais e mamães a passar esses momentos com zero estresse.

Ela mostra ainda uma mesa feita para uma das festinhas de aniversário do Santiago – forrada de frutas. Linda, criativa e super saudável.

 

  1. Como contornar os salgadinhos?

Uma boa ideia é fazer uma refeição com o filhote antes de ir para a festa. Assim, ele não chega com fome e não sai “atacando” o que vê pela frente. E ofereça o que tiver de mais saudável. “Também sempre tenho algo na bolsa para ‘emergências’ – como uma fruta, por exemplo. Se não tiver nada muito adequado na festa – algo mais difícil hoje em dia – você tem opções na mão”, diz Camila.

 

  1. E os brigadeiros e docinhos? Como ficam?

A recomendação dos pediatras é não dar açúcar para crianças até completarem 2 anos. É importante ter isso em mente. Camila Verdeja seguiu à risca e, quando Santiago era pequeno, ela dizia que os docinhos da mesa eram decoração. “Ele ia brincar e nem ligava mais para aquilo”, diz, divertida.  “Agora, ele está com 5 anos, maiorzinho, e já sabe das coisas. Mas como come pouco açúcar desde sempre, ele não dá bola para esses doces. Tudo é hábito”, completa Camila.

 

  1. E na hora do bolo?

Tudo o que é proibido é mais gostoso, certo? Partindo desta premissa, Camila – e assim como toda a metodologia do Gourmet Jr. – estimula a alimentação saudável, buscando não proibir. “Cantar parabéns e experimentar um pedaço de bolo é divertido. Mas em casa temos um hábito de dividir os pratos, comer junto. Nesta hora faço isso com o Santiago e ele acaba comendo menos”, afirma Camila.

 

  1. E quando vai brincar na casa de um amiguinho?

“As dicas são as mesmas: o Santiago come alguma coisa gostosa antes de ir. Mas chegando na casa do amigo, pode se servir do que tiver lá. Não tem como ser diferente. De novo, vale o hábito que se tem em família. Ele gosta de comer bem. E isso vai levar para a vida toda”, diz Camila.

 

  1. Refrigerante pode?

Hummm…este é o pior momento. Refrigerante não é recomendável para crianças. Camila contorna a situação comentando com Santiago que esta bebida não é para os pequenos – o que é verdade -, assim como bebidas alcóolicas. E oferece água ou suco no lugar.

 

 

Fonte Gourmet Jr.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top