Home / Amamentação / Semana Mundial do Aleitamento Materno

Semana Mundial do Aleitamento Materno

A2

Extrair o leite materno é um hábito que ajuda a aumentar a produção, além disso, ele garante para o bebê tenha leite suficiente sempre que demandar. Entretanto, tão importante quando extrair o leite é saber como guardá-lo do jeito certo, sem risco de contaminação. A consultora de aleitamento materno da Philips Avent, Eneida Souza, explica o passo a passo para o armazenamento seguro do leite materno.

 

1- Aposte em um extrator de leite: Existe no mercado uma grande variedade de extratores de leite manuais e elétricos. Vale a pena pesquisar o modelo que for mais confortável. Os modelos elétricos podem oferecer além de praticidade, uma extração mais rápida e confortável. Outra dica é checar se o modelo escolhido vem com recipiente próprio para armazenar o leite retirado, sem a necessidade de transferência de frasco. Outra facilidade são os modelos com recipientes cambiáveis que garante que o recipiente usado para a retirada do leite possa apenas com a troca de tampas ser usado para o armazenamento ou para a utilização direta bebê.

 

2- Esterilize os recipientes de armazenamento: É fundamental utilizar recipientes esterilizados e livres do componente tóxico BPA (Bisfenol A). A melhor maneira de esterilizar o frasco onde o leite materno vai ser guardado é fervendo-o por 15 minutos, ou usando esterilizadores de micro-ondas pelo tempo determinado na embalagem do esterilizador. O recipiente deve secar naturalmente, de boca para baixo em cima de uma toalha, ou então dentro de um pote maior, fechado. Só depois que o recipiente tiver completamente frio é que se pode colocar o leite materno dentro dele.

 

3- Anote o prazo que o leite pode ser guardado: Outra dúvida muito frequente é por quanto tempo o leite pode ficar armazenado. Ele pode ficar em temperatura ambiente por até duas horas. Na geladeira, segundo os padrões determinados pelos especialistas da Rede de Bancos de Leite Humano, o leite materno pode ser guardado por no máximo 12 horas, para garantir que não seja contaminado. Para guardar o leite na geladeira, use a prateleira de cima, que é a mais fria. Procure deixar o recipiente com leite longe de outros alimentos crus, como verduras e carnes. Congelar o leite pode facilitar muito a vida da mãe e do bebê. Você pode guardar o leite no congelador por até 15 dias, desde que a temperatura esteja abaixo de 10 graus negativos. Essa é a recomendação da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano. Outras fontes internacionais, como a La Leche League, falam em mais tempo, mas os especialistas brasileiros são firmes em recomendar apenas os 15 dias como prazo seguro para o estoque doméstico. Identifique o recipiente com a data do congelamento, deixe os mais antigos a frente.

 

4 – Atenção no descongelamento e consumo: O melhor jeito de descongelar o leite é colocando o recipiente dentro de um pote maior com água morna. Um bom guia é usar a mesma temperatura de água que você usaria para o banho do bebê. Não descongele usando o micro-ondas algumas propriedades do leite são perdidas pelo aquecimento. O leite materno descongelado que sobrar, deve ser desprezado. Não pode ser recongelado.

Fonte: Philips Avent 

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top