Home / Mulher Materna / Saúde da Mulher – a importância do check up periódico

Saúde da Mulher – a importância do check up periódico

saude_mulher

Adotar hábitos saudáveis e manter as consultas e os exames em dia, são práticas fundamentais para a prevenção de males que acometem a saúde feminina. “A mulher deve observar uma regularidade na realização de consultas e exames preventivos de rotina, não apenas para tratar as doenças já existentes, mas também, para prevenir e garantir que tudo esteja bem”, ressalta a ginecologista Erica Mantelli.

A médica indica os exames que não podem faltar no check up das mulheres:

Colposcopia, Vulvoscopia e pesquisa de HPV

São exames complementares ao Papanicolau. Geralmente são realizados como rotina para prevenção e/ou planejamento do tratamento de infecções causadas pelo vírus HPV e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs);

Papanicolau

O teste preventivo ginecológico (citologia oncótica do colo uterino) verifica alterações nas células do colo do útero, além de possíveis infecções por fungos, herpes e verrugas no órgão genital feminino. O exame deve ser feito anualmente, um ano depois do início da atividade sexual. Em alguns casos a periodicidade do exame poderá ser alterada de acordo com cada caso;

Ultrassom Transvaginal

Tem como objetivo detectar doenças ginecológicas como cistos no ovário, miomas, pólipos endometriais, endometriose e tumores, além de prevenir ou detectar câncer de endométrio e ovário;

Ultrassom das Mamas

Exame que identifica possíveis cistos, nódulos e tumores na região mamária. Deve ser realizado anualmente ou a cada seis meses, conforme recomendação médica;

Ultrassom da Tireoide

Detecta nódulos e tumores na tireoide, uma vez que as alterações na região são bastante comuns em mulheres jovens;

 

Ultrassom de abdômen total

Poderá ser solicitado pelo ginecologista para descartar alterações em órgãos abdominais, como pedras no rim, na vesícula ou esteatose hepática (gordura no fígado). Em caso de alterações o ginecologista irá indicar o especialista para seguimento;

Mamografia

Avaliação das mamas por meio de raio-X e mamógrafo. O primeiro deve ser feito entre 35 e 40 anos, em função da história clínica ou dos antecedentes familiares. O objetivo da análise é detectar precocemente o câncer de mama;

Densitometria Óssea

Procedimento que mede a densidade dos ossos, avaliando uma possível perda de massa óssea. É utilizado para detectar males como a osteoporose (perda anormal da massa óssea).

Atualmente podemos indicar um exame que avaliar a quantidade e qualidade óssea através de osteossonografia. É possível prever danos à saúde óssea antes da doença se instalar, por isso pode e deve ser realizado por mulheres mais jovens;

Exames laboratoriais

Importante análise de exames de sangue e urina para descartar infecções, avaliar sorologias, perfil hormonal, metabolismo, hormônios sexuais, dosagem de vitaminas, etc.

O ginecologista é o médico que cuida da saúde da mulher como um todo. A avaliação não deve ser limitada apenas à exames vaginais ou das mamas. Um check up completo faz total diferença na promoção de saúde e prevenção de doenças.

 

Fonte:  Dra. Erica Mantelli

Dra. Erica Mantelli é graduada pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro, com Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia. Pós-graduada em disciplinas como Medicina Legal e Perícias Médicas pela Universidade de São Paulo (USP), e Sexologia/Sexualidade Humana. É formada também em Programação Neurolinguística, por Mateusz Grzesiak (Elsever Institute).

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

'
Scroll To Top