Home / Bem Estar / Saiba tudo sobre estrabismo

Saiba tudo sobre estrabismo

estrabismo1-676x288

Doença atinge adultos e crianças ao longo da vida ou por fatores genéticos

Conhecido popularmente como ‘olho torto ou vesguice’, o estrabismo é uma alteração que não deixa os olhos ficarem paralelos. Isso acontece porque os músculos, que são comandados pelos nervos do crânio conectados ao sistema nervoso central, não trabalham em conjunto. Como consequência, o indivíduo não consegue focalizar o globo ocular no mesmo ponto e os olhos ficam desalinhados.

De acordo com o médico oftalmologista Dr. José Ernesto Ghedin Servidei, consultor da Óticas Diniz , o estrabismo não é apenas um incômodo estético. “O problema é muito maior que um ‘olho torto’ ou o desconforto ao usar o tampão durante o tratamento. Além de levar a outras doenças, como ambliopia, ainda pode causar à perda irreversível da visão no olho estrábico”, explica.

Causado pela diferença de acuidade visual, quando um olho enxerga bem e o outro não, o estrabismo afeta homens e mulheres, sejam adultos ou crianças. “Em alguns casos, aparece por causa da pré-disposição genética logo no nascimento, mas pode ser adquirida ao longo da vida. Por isso, é necessário prestar atenção aos sintomas desde cedo. Emparelhamento, embaçamento e visão dupla são alguns deles. Entortar a cabeça para enxergar melhor, fechar os olhos durante a claridade e piscar constantemente também indicam que algo não está bem”, afirma o especialista.

Após diagnosticada, a doença começa a ser tratada pela correção do que causa a alteração ocular. Uso de colírios e exercícios para o fortalecimento dos olhos são algumas das medidas. Em outros casos, o problema pode ser corrigido com o uso de óculos ou tampões para que o olho se esforce para desviar e corrigir o grau. “Embora muito utilizado no tratamento do estrabismo, essa última alternativa pode não colocar o olho de volta no lugar certo, mas ajuda a devolver a visão do olho estrábico. Neste caso, por questões estéticas, é possível fazer cirurgia para corrigir o desalinhamento”, detalha o Dr. José Ernesto Ghedin Servidei.

O estrabismo não tem cura espontânea e a cirurgia é recomendada apenas quando o desvio se mantém mesmo após outras tentativas de tratamento. “Por isso é ideal que o paciente procure o oftalmologista a partir do momento que perceber alguns dos sintomas. Além disso, é importante se consultar com um médico oftalmologista pelo menos uma vez por ano”, finaliza o consultor da Óticas Diniz.

 

Fonte:  ÓTICA DINIZ

Atendimento personalizado, soluções para a saúde visual e as melhores opções em óculos de grau e solares são os alicerces da Óticas Diniz, maior rede de franquias de varejo óptico do Brasil. Sua primeira loja, no centro da capital maranhense, foi fundada pelo empresário Arione Diniz, em junho de 1992. Atualmente, com mais de 950 unidades nas principais cidades do País, a rede preza pelo treinamento da equipe para oferecer um atendimento de excelência e qualidade que já é referência nacional. E disponibiliza o melhor e mais completo mix de produtos das maiores grifes do mundo, além da sua marca própria DNZ EyeWear. www.oticasdiniz.com.br

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top