Home / Sempre Paterna / ‘Eles’ também engravidam

‘Eles’ também engravidam

p4

Homens sentem a “necessidade” de comer por dois

Pesquisas recentes mostram que os papais estão cada vez mais participativos durante a maternidade. Essa sintonia com as futuras mamães é positiva, mas pode ajudar no desenvolvimento de alguns sintomas relativos à gravidez, nos homens, é a chamada “Síndrome de Couvade”.

De acordo com o ginecologista e obstetra, Alberto D’Auria, a síndrome não é doença. A ansiedade, aliada a uma forte ligação afetiva e emocional com a mulher, acaba por transferir para o marido uma série de sensações que costumam se manifestar somente na figura feminina. “Os sintomas são psicológicos expressos pelo futuro papai, que assume a gravidez da companheira. Com isso, eles podem engordar, sofrer enjoos, desejos, crises de choro e até mesmo sentir depressão”, explica o especialista.

Estudo britânico reforça a tese da síndrome e mostra que homens ganham peso nessa fase porque querem ser solidários às parceiras e sentem a “necessidade” de acompanhá-la em seus desejos por alimentos calóricos. Segundo a pesquisa, na espera pela chegada o bebê, os homens podem engordar em média seis quilos e aumentar cinco centímetros de cintura.

A Síndrome de Couvade não costuma causar distúrbios psíquicos. Porém, é importante prestar atenção aos sinais e procurar um especialista caso a situação fuja do controle e possa incomodar o casal e pessoas próximas.

“É preciso ressaltar a importância da participação do companheiro nas escolhas referentes à maternidade. No pós-parto, o papai pode ajudar em atividades como o banho do bebê, a troca da fralda, leva-lo às consultas no pediatra e dar atenção para a nova mamãe. São dicas simples que fazem toda diferença nesse período”, completa o médico.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top