Home / Família / Crianças precisam de rotina

Crianças precisam de rotina

crianca

Muitos pais reclamam da falta de tempo e da dificuldade para organizar suas tarefas diárias. É comum dizerem não dispor de tempo para dedicar aos filhos. Parece impossível ensinar algo às crianças em casa, como, por exemplo, alfabetizá-las. Diante disso, eles desanimam, acreditando que jamais conseguirão atingir resultados satisfatórios.

 

Mas, segundo o professor Carlos Nadalim, se os pais têm de dez a trinta minutos diários para praticar uma atividade com os filhos, já poderão obter bons resultados.

 

- Embora pareça pouco tempo, a manutenção da rotina e a repetição de certas atividades ajudarão a aumentar progressivamente o foco das crianças e a conquistar sua atenção. O segredo está em implementar uma rotina equilibrada na vida dos filhos – reforça.

 

Nadalim explica que manter uma rotina não permite apenas aproveitar melhor o tempo. Mais do que isso, ela é importante, pois as crianças têm necessidade da repetição de certas ações e precisam que os pais reforcem seu sentimento de previsibilidade. Por isso, é melhor fazer atividades como a leitura em voz alta, a escuta de música e a atividade física sempre nos mesmos horários e lugares.

 

No caso dos hábitos fundamentais como alimentação, sono e higiene, por exemplo, os filhos precisam especialmente de ordem: não devem comer desregradamente, em qualquer lugar e a qualquer hora, não devem acordar e dormir cada dia em um horário. “Não adianta querer ter horário para tudo se a criança não se comporta bem nos hábitos mais básicos”.

 

O professor Carlos cita algumas sugestões para tentar orientar uma mudança. Ele ressalta que é fundamental respeitar o limite dos filhos e buscar conhecer até onde ele pode ir. Além disso, cada família tem suas peculiaridades, seu ritmo, seu estilo de vida. Não há um cronograma mágico ou rotina que funcione para todos. Assim, a recomendação é definir objetivos de acordo com as capacidades de seu filho e com o ritmo e estilo de vida de sua família.

 

- Comece a reparar no tempo médio que vocês levam para completar uma tarefa. Feito isso, organize um cronograma diário com as atividades básicas e as demais que quer acrescentar no dia. Então, afixe-o em um local em que vocês passem a toda hora, sendo impossível ignorar o quadro de horários – sugere.

 

Porém, caso perceba que os horários que estabeleceu não se “encaixam” mais à realidade da família, não tenha medo de mudá-los, é o que diz o educador. Mas tente cumprir os compromissos estabelecidos, apesar das circunstâncias, comenta Carlos. “O segredo é tentar ser exigente até a rotina se tornar um hábito pois, quando isso acontece, a criança internaliza a ação”.

 

No entanto, Carlos alerta que é possível acontecerem falhas no processo. Portanto, não se frustre se não conseguir, vez ou outra, cumprir o cronograma à risca. “Isso ocorre porque a vida é muito dinâmica e imprevistos acontecem”.

 

- Uma gripe, uma visita, mudanças no horário de trabalho, tudo isso pode nos tirar da rotina. O importante é perseverar. No futuro, seus filhos agradecerão – conclui.

 

Fonte: Carlos Nadalim

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

'
Scroll To Top