Home / Manual do Crescidinho / Como é o processo de desenvolvimento da capacidade motora das crianças?

Como é o processo de desenvolvimento da capacidade motora das crianças?

2762014154354

O desenvolvimento motor representa a forma como o corpo vai adquirindo habilidades para controlar seus movimentos à medida que a criança vai crescendo. Dentro deste desenvolvimento motor, temos a motricidade mais grosseira e a motricidade fina. A primeira se refere ao controle dos grupos musculares maiores – pernas e braços – e o desenvolvimento do equilíbrio.  Já a segunda, acontece quando utilizamos nossos grupos musculares menores – musculatura dos dedos, por exemplo – importante para o movimento de pinça, usado para pintar e escrever.

O desenvolvimento motor segue uma sequência de cima para baixo, ou seja, os bebês inicialmente começam a firmar a musculatura do pescoço, e depois o tronco e braços, e por último as pernas. Por isso, a sequência habitual de desenvolvimento motor nos bebês começa pelo sustento da cabeça, seguido pelo sentar, engatinhar e andar. Claro que, à medida que as crianças vão ficando mais velhas, vão adquirindo mais habilidades motoras e isto dura toda a infância e adolescência.

Crianças com síndrome de Down seguem a mesma sequência do desenvolvimento motor e cognitivo das crianças sem a síndrome, porém, na maioria das vezes, o ritmo é mais lento, adquirindo, o que chamamos de marcos do desenvolvimento infantil, numa idade maior.  Devido à hipotonia muscular – músculos menos tensionados – e ligamentos mais frouxos que estas crianças apresentam, a fisioterapia é uma atividade muito importante na vida delas, ajudando-as no fortalecimento físico e a se movimentar de maneira correta.

Como o esporte pode auxiliar na qualidade de vida dessas crianças?

O esporte auxilia na qualidade de vida e saúde de todos. Na saúde, age fortalecendo a musculatura, melhorando o equilíbrio e coordenação motora, condicionando o sistema cardiocirculatório, além de ter um papel importante no controle de peso e prevenção de lesões. Na qualidade de vida, as atividades promovem divertimento, lazer e encontro com amigos, por exemplo. Muito além, o esporte é importante não só para as questões físicas, mas também as sociais e emocionais, trabalhando o espírito de equipe, a disciplina, a criatividade, a socialização e os senso de responsabilidade.

Os estímulos externos ajudam no desempenho em atividades físicas de forma geral. Assim como todos, existem pessoas com maior dificuldade em concentrar-se do que outras. Em todos os casos, é importante que as atividades físicas façam parte do dia a dia e que haja estímulo de amigos e familiares no processo. Somos testemunhas de que muitos jovens com síndrome de Down têm grandes habilidades em determinados esportes, mas para isso, tiveram a oportunidade de aprender, e mais importante, de praticar desde a pré-escola.

Como dito na pergunta anterior, por conta de sua hipotonia e ligamentos mais frouxos, as pessoas com a trissomia precisam ter cuidados adicionais, principalmente referente a problemas ortopédicos. Um exemplo é a instabilidade atlanto-axial, alteração na coluna cervical, que deve ser monitorada e acompanhada com muita atenção, caso haja interesse em praticar atividades esportivas, descartando as de maior impacto. Devido a estas especificidades, pode ser necessário avaliação e acompanhamento de especialistas, como ortopedistas e educadores físicos.

O mais importante é que a atividade física seja estimulada sempre e faça parte do cotidiano de toda criança, tendo a família papel essencial para que isto se torne uma realidade.

Fonte: A Sadia, marca icônica e presente na vida dos brasileiros há 73 anos, lançou uma história de natal que mostra o dia a dia de uma menina com síndrome de down, que está treinando para participar da grande corrida de natal da escola. Criado pela F/Nazca Saatchi & Saatchi, além de mostrar a protagonista em sua prática esportiva, o filme traz uma mensagem positiva de amor ao próximo e gratidão, em que a marca reforça sua tradição no Natal e relação com os consumidores. Clique aqui e assista à história de Natal da Sadia.

Deixe seu comentário

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top